Arquivos

Posts Tagged ‘anos dourados’

Resumo – Unidade 5 – Parte III

RESUMO UNIDADE 5 – PARTE 3

Uma casa cheia de tomadas – A mulher nos anos dourados

 

  • Durante o período de guerras as mulheres foram ativas na economia, ocupando postos de trabalho nas fábricas à suprir a falta de mão-de-obra devido ao alistamento masculino para o embate nas guerras;
  • Com o fim das guerras e o retorno dos soldados iniciou-se um processo para que as mulheres retornassem aos seus lares;
    • O objetivo era devolver aos homens seus postos de trabalho nas fábricas e indústrias;
  • Retorno da estrutura machista e patriarcal na sociedade norte-americano em seu pós-guerra;
    • Mulher à cuidar da casa e da família;
    • Homem à prover sustento a todos;
  • Para incentivar tal retorno das mulheres, foi muito marcante a utilização da propaganda e o desenvolvimento de eletrodomésticos que tinham como intenção convencer a mulher de que o melhor lugar para elas era as suas casas;
    • Revistas, cinemas, rádio e televisão foram fortes aliados nessa busca por levar as mulheres de volta para seus lares;
    • Enceradeiras, aspiradores de pó, secadores de cabelo, máquinas de lavar e secar roupa, entre vários outros eletrodomésticos foram criados para “facilitar” a vida das donas de casa;
  • Mudança nas disposições de móveis nas casas, ambientes planejados para abrigar todos esses equipamentos e as tomadas nas quais eles necessitavam de serem ligados;
  • Esse contexto deixou tempo livre para as mulheres, que passaram a se dedicar à decoração da casa, se tornando verdadeiras “donas da casa”;

 

Rebeldes sem causa – Os jovens na década de 50

 

  • O American way of life, a vida perfeita e linda que estava sendo imposta aos norte-americanos, cheia de padrões, não agradou a todos, principalmente à juventude da década de 50;
  • Para seus pais, esses jovens que recusavam-se a encaixar no padrão de vida norte-americano eram “rebeldes sem causa”;
  • Os jovens eram encarados como potenciais consumidores;
    • Goma de mascar, refrigerantes, discos, roupas, cosméticos e automóveis;
  • Roupas masculinas que lembravam as dos operários – “jeans”;
  • Roupas femininas exageradas e indecentes – minissaia;
  • A transformação do “blues”, de raízes afrodescendentes, em “rock-and-roll” – Elvis Presley;
  • Engajamento político-social dos jovens, na década de 60 e 70;

Resumo – Unidade 5 – Parte II

RESUMO UNIDADE 5 – PARTE II

 

American dream

 

Fatores que proporcionaram a constituição do American Dream

 

  • Os Estados Unidos sempre foi considerado a terra da liberdade;
  • A explosão demográfica levou a reafirmação do sonho americano;
  • Consolidação do American way of life após a Segunda Guerra Mundial;
  • Ampla oferta de emprego e o estado de bem-estar;
  • New Deal à relativa segurança econômica;
  • Aumento do PIB norte-americano à 200%
  • Crescimento de renda familiar;
  • Mobilidade social;
  • Aumento do consumo à eletrodomésticos, principalmente a televisão;
  • Valorização de casas em subúrbios à locais afastados dos grandes centros urbanos.
  • AUTOMÓVEL à sonho de consumo norte-americano e marca do século XX.

 

American Dream

 

  • Consumo de eletrodomésticos;
  • Consolidação da indústria da propaganda;
  • Automóvel como sonho de consumo;
  • Morar em casas, com cômodos amplos e grandes quintais;

 

O sonho não é para todos!

 

  • Tudo isso que é característico do american dream não era para todos.
  • Empregos estáveis e bons salários à HOMENS BRANCOS.
  • Estavam excluídos do acesso ao “sonho americano”, mulheres, afrodescendentes e latino-americanos;
  • As mulheres ficaram limitadas ao papel de donas de casa;

 

“O crescimento econômico foi inegável, mas nem todo mundo compartilhou da prosperidade”.

 

  • Devido a essa característica do “sonho americano” atender apenas aos homens brancos que nós temos a formação de vários movimentos de afirmação social nos Estados Unidos: Movimento dos negros (Martin Luther King e Malcom X), movimento feminista.

 

O século do automóvel

 

  • O automóvel era o símbolo máximo do american way of life e do american dream;
  • Cultura que valorizava o individualismo e a liberdade, o carro era o símbolo máximo dessa cultura;
  • New Deal trouxe emprego e promoveu a construção de estradas à criação de uma grande malha rodoviária;
  • Baixo preço do petróleo;
  • Mudança na cultura alimentícia norte-americana à a consolidação do “drive-in”.

Resumo 8ª série – UNIDADE 5 – Anos dourados – Parte I

UNIDADE 5 – Anos dourados

 

Conseqüências da 2ª Guerra

 

  • 55 milhões de mortos;
  • Avanços técnicos e científicos à durante a guerra há um empenho em se criar novas tecnologias, de modo a tornar o embate contra o inimigo mais eficiente;
  • Mudanças na visão de mundo
    • Europa à visão pessimista;
    • Japão à valorização do individualismo e um processo de ocidentalização, já iniciado no século XIX;
    • Alemanha à negação dos horrores da guerra;
    • E.U.A. à florescimento sócio-econômico;

 

Fatores que levaram ao florescimento estadunidense

 

  • Distanciamento territorial das áreas onde ocorreram os conflitos;
  • Preservação do parque industrial;
  • A vitória gerou um clima de otimismo e crença nos Estados Unidos
  • Transformação do modelo sócio-econômico norte-americano em um padrão a ser seguido no mundo ocidental pós-guerra.

 

Baby Boom à crescimento populacional devido a constituição de novas famílias.

 

Fatores que levaram ao baby boom

 

  • Possibilidades de novos empregos;
  • Avanços tecnológicos;
  • Crença em um futuro melhor e sem guerras;
  • Clima de euforia;
  • Sensação de bem-estar.

 

Com o aumento populacional geraram-se necessidades, como:

 

  • Necessidade de novas moradias;
  • Reestruturação urbana – condomínios fechados, shopping center, mais estacionamentos.

 

FORMAÇÃO DE UMA GERAÇÃO DE BABY BOOMERS

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.